Retorna
Floro Bartolomeu - No dia 18 de dezembro de 1913, sob a garantia de homens armados, instalava-se em Juazeiro do Norte a Assembléia Revolucionária, tendo a frente o poderoso caudilho Floro Bartolomeu da Costa, secretariado pelo dr. José de Borba Vasconcelos e o oligarca cratense Antônio Luiz Alves Pequeno. Esse fórum decidiu que o próprio Floro Bartolomeu assumiria a presidência do Estado, ocupado pelo general Marcos Franco Rabelo. Gerou-se uma inquietante dualidade administrativa. A dita Assembléia Revolucionária significaria o estopim da sedição que derrotou o governo rabelista. Franco Rabelo caiu no dia 14 de março de 1914, com a nomeação, pelo presidente da República, do interventor Fernando Setembrino de Carvalho.