Retorna
  Impiedosas algemas - Vários historiadores repetem um episódio ocorrido com o Pe. José Martiniano de Alencar, quando, preso fazia a viagem do Crato a Fortaleza. Na passagem por Ipu, na hora de ser algemado, o ferreiro, não se sabe se propositadamente, ou por erro de manejo, bateu com o martelo no pulso de Alencar, que de dor gritou alto. O mano Tristão Gonçalves, seu companheiro de desdita, indignado avançou contra o ferreiro e, com os dois braços algemados, desferiu-lhe violenta pancada. Dizem que Pereira Filgueira, comandante das forças monarquistas, que de longe viu o episódio, apenas sorriu. Os dois Martiniano e Filgueiras - naquela oportunidade caminhavam por caminhos opostos.