Home

Crateús
Posição no mapa

 


Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 06/07/1832.                 

Instalação: 13/11/1833.                          
Toponímia:
Era o nome de uma tribo que habitava a região e significava "Batata de Teú". Antiga tribo que habitou a região.               
Variação Toponímica:
. Piranhas, Príncipe Imperial.  Desmembrado do Estado do Piauí. Padroeiro: Nosso Senhor do Bonfim.             
Dia:
01/01.

História: Suas raízes históricas estão vinculadas inicialmente ao Piauí, juntamente com o território de Independência, pelo menos até quando se deu sua transferência ou permuta em que figurou o Município litorâneo de Amarração, o que ocorreria segundo Decreto Geral nº 2.012, de 22 de outubro de 1880.
     Em suas raízes colonizadoras, em que se tem como pioneiros investidores vinculados  à Casa da Torre, na Bahia, surgem inicialmente D. Luiza Coelho da Rocha Passos e seus acompanhantes serviçais. Do séquito, constavam animais de cria e de carga, especificamente denominados por muares e cavalares, havendo como local de escolha o sítio Piranhas, margeante do Rio Poti, donde então se formaria o povoado. Além de pessoas e animais, D. Luíza conduzia também a imagem do seu santo de devoção, Senhor do Bonfim, presépio do qual nasceria a primitiva capela
Evolução Política:
Quando elevado à categoria de Vila, consoante Decreto Regencial de 6 de julho de 1832, recebeu a denominação de Príncipe Imperial, nome com que se pretendeu homenagear o jovem Imperador. Sua elevação à categoria de Cidade ocorreu na forma da Lei nº 1.046, de 14 de agosto de 1911, com instalação a 15 de novembro do mesmo ano.
Igreja: Por volta do ano de 1792, situada a fazenda e identificado o local de melhor adaptação ao exercício religioso, D. Luíza manda edificar a capela, antes referenciada, no sítio denominado Passagem, destinado como patrimônio eclesial meia légua de terras em quadro. Edificado o nicho, em cujas obras trabalham mestres-obreiros, vindos da Bahia, assume o trono sagrado a peregrina imagem do Senhor do Bonfim, que aí se perpetuaria como padroeiro do reduto.
GEOGRAFIA
Área: 2.279,6km².                                               

Área(% em relação ao Estado):
1,89.                    
Altitude: 274,65m.                                            
Latitude:
5°10’.                                                
Longitude: 40°40’.                                          
Mesorregião:
Sertão Cearense.                          
Microrregião: Sertão de Crateús.                             
Limites: Norte – Ipaporanga e Tamboril; Sul – Independência e Novo Horizonte; Leste – Tamboril e Independência; Oeste- Estado do Piauí.                    
Distritos:   Irapuã,Tucuns, Oiticica, Poti, Ibiapaba, Monte Nebo, Santo Amaro.          Acidentes Geográficos: Serras Ibiapaba, das Almas, Serrinha, Morro Pelado, Rios Poti e São Francisco, Riachos do Meio, Besouro, Pinheiro dos Patos, Capitão Pequeno e Tourão.                                             
Recursos Hídricos:
Pluviômetria ( a média anual é de 697mm).
Atrativos Naturais: Fauna dos Caboclos, Cannyon do Rio Poty, Poços do Rio Poty, Grutas e cavernas, Castelo de Pedra, Olho d'água, Açude Carnaubal, Açude Realejo.

EDUCAÇÃO
N° de Escolas
:                                                       
Rede Estadual Pré-Escolar-14                                      
1° Grau-1                                                                  
N° de Alunos Matriculados:                                    
Pré-Escolar-678                                                          
1° Grau-6.210.

SAÚDE
Centro de Saúde Dr. Abdoral Machado, Posto de Saúde Santo Antônio, Posto de Saúde Ibiapina, Posto de Saúde Carrapateira, Casa de Parto Poty, Posto de Saúde Santana, Posto de Saúde de Barro do Rio, Posto de Saúde de Oiticíca, e Posto de Saúde de Santa Clara. A Fundação de Saúde do Estado do Ceará, mantém o Hospital e Maternidade Gentil Barreira. O INAMPS Mantém o Posto de Assistência Médica. O IPEC Mantém a Agência Regional do IPEC. A Prefeitura Municipal Mantém o Sub-Posto de Saúde de São João Afonso, Posto de Saúde de Queimadas, Centro Social Urbano, Posto de Saúde Curral do Meio. Há ainda a Clínica Odontológica mantida pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

ESTATÍSTICAS
População Censo de 1999: 63.937.

Densidade Demográfica(hab/km²): 23,77. 
Distância da Capital em Linha Reta:285km.
Distância Por Rodovia: 345km.                  
Vias de Acesso à Capital: BR-020 e BR-226.                 
Emissoras de Rádio:
Rádio FM de Crateús LTDA-FM Classe C, potência de o,312Kw, freqüência de 93,3Mhz, Rádio Educadora de Crateús Ltda-OM, potência de 1/1Kw, freqüência de 1.250KHz, Rádio Vale do Rio Poty Ltda-Om, potência de 5/0,kw e freqüência de 590Khz.
Abastecimento D’água: 7.463 ligações.
Energia Elétrica: N° de consumidores- 14.063. Total consumo- 1.855,382.

PRODUÇÃO
Produção: Sua economia baseia-se na produção de algodão arbóreo e herbáceo, milho, mamona e feijão. Na pecuária: bovinos, suínos e aves. Foram registradas em suas terras a presença de Ametista, uma variedade do Quartzo e Jazidas de Hematita, um importante minério de ferro e de Cianita, e de Berilo utilizado na indústria de equipamentos espaciais e usinas atômicas.

Indústrias: 40.

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$ 1.088.325,53.               

Renda Interna Municipal 1991: US$ 47.181.433.
Renda Per Capita 1991: US$ 708.

PREFEITURA

Endereço:
Rua: Cel. Zeze,1141
CEP:
63.700-000
Fone:
(88) 811-2233
Fax:
(88) 811-2255
Eventos:
Carnafolia (fevereiro), II FENAC - Feira de Negócios Agropecuários (maio), Dia do Município (julho), FENECRAT (setembro), Festa do Padroeiro Senhor do Bonfim (dezembro), Festival de Teatro Amador, CARNACRAT - Micareta de Crateús (novembro).

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster