Home

Groaíras
Posição no mapa

 


Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 23/05/1957.             

Instalação: 23/03/1959.                           
Toponímia: "Mel que os pássaros gostam".
Variação Toponímica: Desmembrado de Cariré.                                             
Padroeira:
Nossa Senhora do Rosário.        
Dia
: 07/10.

História: Suas origens remontam ao final do Século XVII, com o nome de Riacho Guimarães, quando aí se estabeleceram os primeiros colonizadores da Ribeira, dentre estes o seu fundador, Lourenço Guimarães de Azevedo. Constam como demais companheiros parte dos que povoaram terras que se estendiam do Rio Acaraú e Rio Aratiaçu aos contrafortes da Ibiapaba, retornando em busca da Serra da Meruoca, numa extensão de 50 léguas (08/11/1682).
Evolução Política: Os primeiros indícios de evolução política nascem da elevação do povoado à categoria de Distrito conforme Lei nº 2.704, de 16 de dezembro de 1929. Suprimido conforme Decreto nº 193, de 2 de março de 1931, e restaurado na forma do Decreto nº 169, de 31 de março de 1933. Com o advento da Lei nº 116, de 17 de novembro de 1935, que instituiu Distritos Especiais passa a integrar o porte dos que se alinham nessa categoria. Sua elevação à categoria de Município provém de Lei nº 3.603, de 23 de maio de 1957, tendo sido instalado a 6 de outubro do mesmo ano, trazendo como novidade a denominação atual.
Igreja: As primeiras manifestações de apoio eclesial datam do ano de 1712, quando por  doação do respectivo patrimônio, Lourenço Guimarães de Azevedo destina cem braças de terras para construção da capela cujo orago tem como padroeira Nossa Senhora do Rosário.
     Deve-se ressaltar que por ocasião do ato de transferência desse patrimônio, opuseram-se familiares do primitivo dono das terras, representados na pessoa do cego de nome Joaquim Torres de Araújo. Esse cego e oponente oficial, na ocasião cumpria pena em presídio no Recife, pretexto segundo o qual não teria assinado a respectiva escritura de compra e venda.
     Não obstante essas querelas, tiveram andamento as obras de construção da capela, constando sua conclusão no ano de 1740, quando se festejaram os atos inaugurais, então presididos pelo Padre Visitador Félix Machado Freire. Consta como seu primeiro vigário o cura de nome Lourenço Gomes Lellou.
     Em aditivo ao tópico relativo aos oponentes vendedores, sabe-se que essa questão se alongou até o ano de 1751, oportunidade em que não apenas se ratifica a posse das terras doadas como também do restante da gleba, mediante assinatura do cego e ex-presidiário Joaquim Torres.
     A ampliação patrimonial da capela ocorre por doação de uma légua de terras em quadro, 60 vacas de cria e 7 éguas parideiras, tendo como ofertante Manuel Madeira de Matos, fato que se registra no ano de 1751.
     Esse Manuel de Matos, encoberto em pseudônimo, outro não seria senão partidário de D. José I, Rei de Portugal. Perseguido pelo Marquês de Pombal, o nosso Policarpo, transformado em Madeira, emigrara inicialmente para as terras d’África, depois para o Brasil, onde se fixara no Piauí e finalmente no Riacho Guimarães.

GEOGRAFIA
Área: 156,1km².                                                        

Área (% em relação ao Estado): 0,13.                     
Altitude:
110m.                                                  
Latitude:
3º54’.                                                  
Longitude:
40°23’.                                           
Mesorregião:
Noroeste Cearense.                          
Microrregião: Sobral.                                                      
Limites: Norte: Cariré e Sobral; Sul: Santa Quitéria; Leste: Forquilha e Sobral; Oeste: Cariré.                                
Distritos: Itamaracá.                                              
Acidentes Geográficos: Rio Acaraú e seus afluentes: Jucurutu e Groaíras.           Recursos Hídricos: Pluviometria (a média anual é de 928mm).

EDUCAÇÃO
N° de Escolas
:                                                          
Rede Estadual Pré-Escolar: 2                                         
1° Grau: 2.

SAÚDE
Centro de Saúde de Groaíras, Posto de Saúde de Córrego, de Capim, Serviço Médico Odontológico da Prefeitura de Groaíras. Clínica Médica dos trabalhadores Rurais.

ESTATÍSTICAS
População, Censo de 1999: 8.488.

Densidade Demográfica (hab/km²): 51,76.             
Distância da Capital em Linha Reta: 205km.                                                  Distância por Rodovia: 246km.                 
Vias de Acesso à Capital: CE 178 e BR 222.
Energia Elétrica: N° de Consumidores: 1.718. Total Consumo: 161.998.

PRODUÇÃO
Produção: Produção agrícola: algodão herbáceo e arbóreo, cajú, mandioca, milho e feijão. Pecuária: bovinos, suínos e aves.

Indústrias:
02 (todas de produtos alimentares).

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$-209.994,55.                

Renda Interna Municipal 1995:
R$-1.455,00.                
Renda Per Capita: US$-217.

PREFEITURA

Endereço:
Rua: 23 de Maio,970
CEP:
62.190-000
Fone:
(88) 647-1133
Fax:
(88) 647-1103
Eventos:
Dia do município.

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster