Home

Itapajé
Posição no mapa

 


Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 22/12/1849.             
Instalação:
10/12/1850.

Toponímia: Frade de Pedra. 
Variação Toponímica:
Vila Constituinte, Santa Cruz da Uruburetama, São Francisco da Uruburetama, São Francisco.Desmembrado de Itapipoca.                   
Padroeiro:
São Francisco de Assis.         
Dia: 04/10.

Arquitetura Antiga: Igreja-Matriz (século passado), Casarões, Casa de Quintinho Cunha, Guanacés, Clube e Sede da Prefeitura (século passado).
História: Chamou-se primitivamente Riacho do Fogo. Suas origens remontam ao final do Século XVIII, quando em suas visitas de desobriga, Frei Vidal da Penha plantou no reduto o seu tradicional cruzeiro. Tomando-se como referência esse marco, tem-se no ano de 1839, a presença de Antônio Rodrigues Martins, apelidado o Carola, a quem coube adquirir terras na região e fixar residência nas proximidades do já denominado Arraial de Santa Cruz. Em época coincidente, outros colonizadores adquiriram terras na redondeza, igualmente progredindo e dando forma urbana ao que antes não passava de simples feudo individual.
     Nesse florescente estágio e graçando no interior a força irreprimível do cangaço, grupos armados, sob o comando dos Mourões, acometeram o reduto de maneira surpreendente e indefensável. Houve, então, cerrado tiroteio entre agressores e agredidos, resultando contra estes verdadeiro massacre. Desse conflito e outros que se sucederiam nasceu a denominação apodológica de Riacho do Fogo, modificando o que anteriormente chamara-se de Santa Cruz.
Evolução Política: Sua elevação à categoria de Distrito e Município simultaneamente ocorreu segundo Lei nº 502, de 22 de dezembro de 1849. Suprimido, conforme Dec-Lei nº 193, de 20 de maio de 1931, e restaurado na forma do Dec-Lei nº 1.156, de 4 de dezembro de 1933.
Igreja: Em suas manifestações eclesiais, além dos vestígios religiosos deixados pelo missionário Frei Vidal da Penha, constam como doadores patrimoniais Francisco Cunha Linhares e sua mulher D. Dominga Pereira Pinto, tendo como data de referência  12 de dezembro de 1837. Nessa doação consignava-se, com destinação e objetivo a edificação de uma capela dedicada a Nossa Senhora da Penha. Inicialmente e a ter-se de capela o caricato, destinou-se para tanto uma casa de farinha na qual o pároco de Canindé, em visitas alternadas, celebrava os atos de sua obrigação itinerante. Em termos de pobreza vale salientar, que por não existir sino, funcionava como tal uma enxada, estrategicamente dependurada num dos caibros do mesmo sacro improviso. Em 1846, estimulado certamente pela idéia de favorecer o exercício da oração ou criar condições menos rudes, reúnem-se os Coronéis Francisco Teixeira Bastos e Francisco Miguel de Andrade, havendo como finalidade tratar da construção da capela. Dessa reunião nasceu o consenso segundo o qual dever-se-ia realizar a obra, o que evidentemente ocorreu, criando-se igualmente a Freguesia, cuja sacralização canônica se daria a 3 de dezembro de 1849.
     Incorporado o Distrito à jurisdição de Uruburetama, fato que tem registro a 20 de julho de 1859, Ter-se-ia, concomitantemente, transferida a respectiva Freguesia (1862), porém sob o padroado de São Francisco de Assis da Uruburetama.
     Em 1870 e com finalidade de restaurar o culto inicialmentye estabelecido no antigo reduto, abrem-se subscrições com vistas à ereção da Igreja-Matriz de São Francisco de Assis, tendo como responsável o padre José Thomáz. Realizada a obra, ocorreram os atos inaugurais, modificado o topônimo hierático para São Francisco de Assis (1878). Teríamos, então, São Francisco em duplicidade, um antigo Riacho do Fogo e outro na também antiga Serra dos Corvos (Uruburetama).

GEOGRAFIA
Área: 339km².                                                       

Área(% em relação ao Estado):
0,91.                   
Altitude:108,72m.                                              
Latitude:
3°42’.                                                  
Longitude:
3,21’.                                                  
Mesorregião: Norte Cearense.                                       
Microrregião: Uruburetama.                                         
Limites: Norte: Itapipoca e Uruburetama; Sul: Tejussuoca; Leste: Uruburetama, Umirim, Pentecoste; Oeste: Irauçuba.
Distritos:  Aguaí, Iratinga, Cruz, Baixa Grande, Soledade, Pitombeiras.                   Acidentes Geográficos: Serras do Mulungu, de Uruburetama e da Vertes. Rio Caxitoré. Riacho Camocim. Açude Caxitoré.                                                     Recursos Hídricos: Pluviometria (a média anual é de 836mm).
Atrativos Naturais: Pedra do Frade, Piscina Natural (Solidade), Pedra da Caveira, Pedra das Noivas, Pedra dos Ossos, bicas naturais, trilhas para caça e serras verdes.

EDUCAÇÃO
N° de Escolas:
                                                             
Rede Estadual Pré-Escolar 1° Grau: 4                               
Rede Municipal Pré-Escolar e 1° Grau: 2                          
N° de alunos matriculados:                                       
Rede Estadual Pré-Escolar: 470.                                  
Rede Estadual 1° Grau: 2.808                                     
Rede Municipal Pré-Escolar: 20                                        
1° Grau: 86                                                              
Supletivo: 216.

SAÚDE
O Governo Estadual tem no Município os seguintes postos: Centro de Saúde Manoel Capelo Camano – Posto de Saúde de Iratinga ou Valdo Gomes, de Pitombeira, de Câmara,do Serrote do Meio. A Fundação de Saúde do Estado do Ceará mantém o Hospital Deputado Teodorico José de Menezes Neto Ferreira Gomes. O Instituto de Previdência do Estado do Ceará mantém a Agência Regional do IPEC. A Prefeitura Municipal mantém o Centro Social Urbano Raimundo  Bastos. Há ainda o ambulatório mantido pelos Servidores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e o ambulatório mantido pelo Sindicato Rural.

ESTATÍSTICAS
População, Censo de 1999: 40.569.

Densidade Demográfica(hab/km²): 84,33.          
Distância da Capital em Linha Reta: 119km.                                                 Distância por Rodovia: 124km.               
Vias de Acesso à Capital: BR 222.                  
Emissoras de Rádio: Rádio A Voz de Itapajé Ltda – OM, potência de 1/0,25Kw, frequência de 1470Khz, Rádio Guanacés de Itapajé Ltda.
Energia Elétrica:
N° de Consumidores: 5.888. Total Consumo: 711.074.

PRODUÇÃO
Produção: Algodão, banana, caju, mandioca, milho e feijão. Pecuária: bovinos, suínos e aves.

Indústria: Não temos dados.
RECURSOS
Repasse de ICMS em 1995: R$-512.549,12.              

Renda Interna Municipal 1995: R$-8.149,00.                
Renda Per Capita:
US$-291.

PREFEITURA

Endereço:
Rua: Major Joaquim Alexandre,140
CEP:
62.600-000
Fone:
(85) 346-1044
Fax:
(85) 346-0152
Eventos:
Festa do Padroeiro São Francisco, Dia do Município.

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster