Home

Jardim
Posição no mapa

 


Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 30/08/1814.              

Instalação:
03/01/1816.                    
Toponímia:
nome de um dos riachos que banham seu território.                              Variação Toponímica: Santo Antônio do Jardim. Desmembrado de Crato.                Padroeiro: Santo Antônio.                           
Dia:
13/06.

História: Suas origens remontam ao Século XVIII, tendo como referência o fazendeiro Bento Moreira, casado com D. Sebastiana de Oliveira e residente no sítio denominado Corrente de Ramalho. Além deste, havia outro colono, homem pobre e consequentemente sem identificação, ocupando o vizinho sítio Cabeça do Negro. Não existe, pelo menos em termos de registro, relação alguma entre esses dois primitivos moradores e o desenvolvimento do reduto. Sabe-se, entretanto, que a região na qual se situaria o Município Jardim sofreu considerável retardamento em sua colonização, não obstante suas condições de habitabilidade fossem bastante atraentes.
     Sua localização em recanto bastante isolado ou, precisamente, no recôncavo meridional da Serra do Araripe, terá sido um dos fatores preponderantes, de modo que somente por ocasião das grandes estiagens atrairia maiores investidores. Desses, consta como pioneiro o padre João Bandeira de Melo, tendo acostado no futuro reduto no ano de 1792, premido pela seca e a ter como procedência o Pajeú das Flores em Pernambuco. Esse padre-fazendeiro, que parecia não acreditar nos prodígios do crucifixo, além de conduzir na cintura uma espada, fazia-se acompanhar de prestimosos escravos.
Evolução Política: Sua elevação à categoria de Vila ocorreu segundo Alvará Régio, de 30 de agosto de 1814, com sede na povoação de Barra de Jardim, com o nome de Santo Antônio do Jardim, tendo sido instalada a 3 de janeiro de 1816. As solenidades de ereção foram presididas pelo Ouvidor João Antônio de Carvalho, magistrado republicano e propagador indormido do sistema.
     Consta como seu primeiro Capitão-Mor (Prefeito) o fazendeiro José Alexandre Arnaud, tendo deixado de assumir o cargo em virtude do seu falecimento. Houve então como sucessor, Pedro Tavares Muniz.
     Sua elevação à categoria de Município ocorreu segundo Lei Provincial nº 1.829, de 13 de setembro de 1879, inexistindo documentos que possam oferecer melhores esclarecimentos.
Igreja: As primeiras manifestações de apoio eclesial têm como precedente o nicho erigido pelo padre fazendeiro João Bandeira de Melo (1792), tendo como patrono o Senhor Bom Jesus. Com a deserção do padre Bandeira de Melo, reforçaram-se os halos de religiosidade do nicho, havendo como fator de instigação psicoemocional a presença do frei Vidal frascarolo da Penha (Capuchino da Penha), mandando erigir o seu tradicional Cruzeiro (29/06/1799).

GEOGRAFIA
Área: 500,9km².                                                     

Área(% em relação ao Estado): 0,41.                          
Altitude: 652m.                                                    
Latitude:
7°34’.                                                 
Longitude: 39°17’.                                       
Mesorregião: Sul Cearense.                                   
Microrregião: Cariri.                                           
Limites:
Norte: Porteiras e Abaiara; Sul: Pernambuco; Leste: Jati e Penaforte; Oeste: Barbalha.                     
Distritos: Corrente, Jardimirim.                              
Acidentes Geográficos:
Serras do Araripe e do Boqueirão, Riachos Porteiras e do Jardim.                
Recursos Hídricos: Pluviometria ( a média anual é de 798,5mm).
Atrativos Naturais: Nascente Boa Vista, Nascente Boca da Mata, Nascente Gravatá, Nascente Olho d'água, Sítio Cabeça do Negro.

EDUCAÇÃO
N° de Escolas
:                                                            
Rede Estadual Pré-Escolar 1° e 2° Grau: 3                       
N° de alunos matriculados:                                       
Rede Estadual Pré-Escolar: 168                                        
1° Grau: 2.902                                                               
2° Grau: 243

SAÚDE
Unidade Mista de Saúde Wilson Roriz, Posto de Saúde Fazenda Nova, Posto de Saúde Jardim Mirim, Centro de Saúde Mirim, Mini-Posto de Saúde Cacimba, Posto de Saúde Correntes.

ESTATÍSTICAS
População, Censo de 1999: 25.982.

Densidade Demográfica(hab/km²): 47,85.             
Distância da Capital em Linha Reta: 431km.                                            
Distância por Rodovia:
574km.                
Vias de Acesso à Capital: CE 060, CE 386, BR 122, BR 116.                                          
Emissoras de Rádio: não tem.             
Energia Elétrica:
N° de consumidores: 2.830. Total Consumo: 245.146.

PRODUÇÃO
Produção: Algodão herbáceo e arbóreo, cana-de-açúcar, milho e feijão. Pecuária: bovinos, suínos e aves.                     

Indústrias:
7 ( 03 de produtos alimentares, uma metalúrgica, uma de madeira, uma do mobiliário, uma de couros e peles e produtos similares.

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$-312.473,52.                 

Renda Interna Municipal 1995: R$-1.987,00.              
Renda Per Capita: US$-106.

PREFEITURA

Endereço:
Travessa Aristides Ancilon Aires de Alencar,51
CEP:
63.290-000
Fone:
(88) 555-1174
Fax:
(88) 555-1304
Eventos:
Festa do Padroeiro Santo Antônio (13 de junho), Festa dos Caretas (Semana Santa), Festa de São João (junho), Festa Coração de Nossa Senhora (maio), Semana do Município (03 de janeiro), Vaquejada (novembro).

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster