Home

Juazeiro do Norte
Posição no mapa

 


Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 22/07/1911.

Instalação: 04/10/1911.
Toponímia: Palavra Tupi-portuguesa composta Juá ou iu-á, fruta de espinho e mais sufixo eiro.
Variação Toponímica: Taboleiro Grande e Juazeiro. Desmembrado de Crato. Padroeira: Nossa Senhora das Dores.
Dia: 15/09.

Arquitetura Antiga: Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, Santuário do Coração de Jesus, Santuário dos Franciscanos, Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Basílica de São Francisco, Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.
História: Suas origens remontam ao Início do Século XIX, não em termos oficias, porém convencionalmente formadas por tropeiros originários das várias Províncias do Nordeste. Havia, então, como ponto de encontro um juazeiro, sob cuja fronde instituíra-se o que se poderia classificar de feira-livre. Ali, realizavam-se os mais variados tipos de negócios, notadamente com relação a troca de animais e de produtos elaborados nas diversas regiões, considerando que o dinheiro em espécie nem sempre engordava os bolsos de todos.
A localização de juazeiro ficava no sítio Tabuleiro Grande, onde alguns moradores tinham residência, mas nunca a interferir no procedimento daqueles que rotineiramente buscavam rancho. Nessa eventual estalagem  e a exemplo do que ocorrera com a Palma da mulher que vendia bolos e da Venda de D. Aurora, o juazeiro-árvore transformou-se em locativo, onde o comércio itinerante preenchia satisfatoriamente os essenciais requisitos entre a oferta e a procura. Formou-se então, o povoado e concomitantemente a casa de orações, tendo como fundador o padre Pedro Ribeiro da Silva, proprietário do sítio e a prever em breve espaço    os naturais avanços do reduto, nascendo dessa oportunidade o culto dedicado á Nossa Senhora das Dores (1827).
Evolução Política: A elevação do povoado à categoria de Vila ocorreu  segundo Lei nº 1.028, de 22 de julho de 1911, tendo sido instalada a 4 de outubro do mesmo ano. Elevou-se à categoria de Município, conforme Lei nº 1.178, de 23 de junho de 1914, mantendo como denominação a precedente memória de sua inicial formação.
Igreja: As primeiras manifestações de apoio eclesial constam do lançamento da pedra fundamental da capela, em solenidade que se registra a 15 de setembro de 1827 e presidida pelo seu empreendedor padre Pedro Ribeiro da Silva. O patrimônio eclesiástico, também doado pelo padre Pedro Ribeiro, constou, além do sítio Tabuleiro Grande, de 12 escravos cujos valores não são mencionados (1833).
     Com o falecimento do padre-fundador, ocorrido em 1833, assumiu a capelania o padre Luiz Barbosa, seguido nos anos posteriores dos padres Antônio de Almeida, Pedro Ferreira de Melo e por fim o padre Cícero Romão Batista, cuja posse registra-se a 11 de abril de 1872.
     Vigário jovem, ordenado a 30 de novembro de 1870 e  estreante durante dois meses na Freguesia de Trairi, regressou à sua terra natal (Crato), como professor de latim, junto ao Colégio José Joaquim Teles Marrocos, até sua transferência para Juazeiro, levando em sua companhia a mãe viúva e duas irmãs.
     Durante os anos iniciais do seu ministério, tratou o Padre Cícero de assistir, pedagógica e espiritualmente o seu rebanho, graneando em seu favor, confiança e retemperada dose de fanatismo. Atraiu romeiros das Alagoas aos demais Estados nordestinos, nele repousando, segundo os seus penitentes, a crença segundo a qual lhe assistiam poderes sobrenaturais.
     Durante os anos de 1874/1875, cuidou da reforma e ampliação da Igreja-Matriz, contando com a efetiva colaboração dos fiéis. Com o advento da grande seca dos anos de 1877/79, paralisaram-se as obras de construção. As solenidades de sagração do templo, mesmo sem o término das respectivas obras, deu-se a 18 de agosto de 1884, tendo como oficiante o Bispo de Fortaleza, D. Joaquim José Vieira. A Instituição da Paróquia, desvinculando a Freguesia da subordinação do Crato, ocorreu a 1º de janeiro de 1912.

GEOGRAFIA
Área: 219km².
Área(% em relação ao Estado): 0,15.

Altitude: 377m.
Latitude: 7°13’.
Longitude: 39°19’.
Mesorregião: Sul.
Microrregião: Cariri.
Limites: Norte: Caririaçu; Sul: Barbalha; Leste: Missão Velha; Oeste: Crato. Distritos: Marrocos e Padre Cícero.
Acidentes Geográficos: Rio Carás, Riachos dos Carneiros, Batateira, Macacos, São José, Açude Padre Cícero, Serra do Horto.
Recursos Hídricos: Pluviometria ( a média anual é de 818,7mm).

EDUCAÇÃO
N° de Escolas
:
Rede Estadual Pré-Escolar 1° e 2° Grau: 17 
Rede Municipal Pré-Escolar 1° Grau: 7 
Rede Particular Pré-Escolar 1° e 2° Grau: 10 
Supletivos: 2 
N° de alunos matriculados: 
Rede Estadual Pré-Escolar: 1.495 
1° Grau: 13.997 
2° Grau: 3.354 
Rede Municipal Pré-Escolar: 798 
1° Grau: 2.094 
Particular Pré-Escolar: 32
1° e 2° Grau: 392 
Supletivo: 1.129.

SAÚDE
O Governo Estadual tem no município os seguintes postos: Posto de Saúde Sabiá, Posto de Saúde do Horto, Centro de Saúde Dr. Mário Malzoni, Posto de Saúde Caras do Umari, Posto de Saúde do Marrocos, Laboratório Regional do Juazeiro do Norte, Posto de Saúde do Sítio Gavião, Posto de Saúde do Sítio São Gonçalo. A Fundação FSESP mantém: Centro de Saúde da SESP em Juazeiro, Posto de Saúde de Palmeirinha – FSESP, Posto de Saúde da SUCAM ( ambulatório). O INAMPS mantém o Posto de Assistência Médica. O IPEC mantém sua Agência Regional. A Prefeitura Municipal mantém: Unidade Sanitária Padre Silvino Moreira Dias, Centro Social Urbano Franciscanos, Assistência Médica Municipal, Hospital Municipal Infantil Estephânia Rocha, Centro Social Urbano (Centro), Consultório Odontológico Volante, Posto de Saúde Gilberto Sampaio, Unidade Municipal de Saúde do Juazeiro do Norte, Posto de Saúde Gilberto Sampaio, Posto de Saúde Vila Fátima, Posto de Saúde Tiradentes. Os servidores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro do Norte mantém : 02 ambulatórios. O Centro Regional da LBA (Legião Brasileira de Assistência) mantém: uma clínica médica.

ESTATÍSTICAS
População, Censo de 1999: 199.636.

Densidade Demográfica(hab/km²): 791,42. 
Distância da Capital em Linha Reta: 390km.
Distância por Rodovia: 528km.
Vias de Acesso à Capital:
CE 292, CE 386, CE 060, BR 116, BR 122. 
Emissoras de Rádio: Rádio Tempo FM Ltda OM, potência de 2,760kw, frequência de 101mhz, Rádio Vale do Cariri OM, Rádio Vale do Cariri FM Classe B, potência de 3,180kw, frequência de 99,9 Mhz, Rádio Iracema de Juazeiro OM, potência de 1/1 kw frequência de 850khz, Rádio Progresso de Juazeiro OM, potência de 1/1kw, frequência de 1310khz, e Rádio Vale do Cariri Ltda OM, potência de 5/0,25kw, 570khz, Rádio Verde Vale OM.
Abastecimento D’água: 41.104 ligações.
Energia Elétrica: N° de Consumidores: 47.095. Total Consumo: 9.381,488.

PRODUÇÃO
Produção: Algodão arbóreo, banana, milho, algodão herbáceo e cana-de-açúcar. Na Pecuária: bovinos, suínos e aves.

Indústrias:
293 (uma de material de transporte, papel e papelão, 08 de borracha, 04 de couros, peles e produtos similares, 10 de química, uma de produtos farmacêuticos, 02 de perfumaria, sabão e velas, 17 do mobiliário, 14 de madeiras, 21 de metalúrgicas, 11 de produtos não metálicos, 04 de produtos de materiais plásticos, uma têxtil, 02 de bebidas, 05 de editorial e gráfica, vinte e uma diversas, 30 de produtos alimentares, 124 de vestuário, calçados e artigos de tecidos, couro e peles, 16 de serviço de construção.

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$-5.947.

Renda Interna Municipal 1995: R$-213.409,00.
Renda Per Capita 1991: U$-1.160.

PREFEITURA

Endereço:
Praça Dirceu Figueiredo,s/n
CEP:
63.010-010
Fone:
(88) 566-1044
Fax:
(88) 566-1001
Eventos:
Festa de reis (06 de janeiro), Festa de Nossa Senhora das Candeias (01 e 02 de fevereiro), Semana do Padre Cícero (20 a 24 de março), Festas Juninas (23 a 29 de junho), Vaquejada Padre Cícero (11 a 13 de julho), Semana do Município (19 a 22 de julho), Aniversário de Morte do Padre Cícero (20 de julho), Emancipação Política do Município (22 de julho), Semana do Folclores (17 a 24 de agosto), Romaria de Nossa Senhora das Dores (13 a 15 de setembro), Dia do Romeiro (01 de novembro), Dia de Finados (02 de novembro), Programação Natalina (15 a 31 de dezembro).

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster