Home

Pacajus
Posição no mapa

 


Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 09/09/1890.              

Instalação:
29/10/1890.                        
Toponímia:
O topônimo Pacajús, tem origem na tribos dos Tauias, Jaracus, ou Pacajús, que Habitavam a região.                          
Variação Toponímica:
Guarani e Pacajús.Desmembrado de Aquiraz. Desmembrado de Aquiraz.                    
Padroeira:
Nossa Senhora da Conceição.
Dia - 08-12.

Arquitetura Antiga: Igreja Velha (construída pelos índios no século passado), Igreja-Matriz de Nossa Senhora da Conceição, Prédio do Correio, Mercado Velho.
História: Suas origens remontam ao Início do Século XVIII, quando, por transferência de suas terras de origem, foram realdeados os Índios Paiacus, dando-se ao reinstalado reduto o nome de Monte-Mor o Novo. Hostis e reconhecidamente belicosos, esses Tapuias têm como procedência terras do Açú e do Apodi no Rio Grande do Norte. E, uma vez realdeados, concedeu-lhes o Governo uma légua de terras situadas nas margens do Rio Choró, tendo como intermediário o Desembargador Cristóvão Soares Reimão.
     Apoiados inicialmente na chamada Missão dos Paiacus, deu-se ao reduto certa configuração urbana, edificando-se casas residenciais e uma capela de taipa e chão batido, admitindo-se como padroeira Nossa Senhora da Conceição, embora novos desassossegos viessem a se intercalar e a formar o que se denominaria Saga dos Paiacus.
Evolução Política: A  elevação do novo povoamento à categoria de Vila, antes nessa condição por adoção jurídica do desembargador Gama e Casco (1759), provém do decreto nº 63, de 9 de setembro de 1890, com a denominação Guarany, tendo sido instalada a 29 de outubro do mesmo ano. Suprimida conforme Lei nº 1.794, de 9 de outubro de 1920 e restaurada segundo Lei nº 2.604, de 26 de setembro de 1928. Suprimida em segundo turno, na forma do Decreto nº 193, de 20 de maio   de 1931 e finalmente restaurada conforme decreto nº 1.191, de 23 de maio de 1935. Sua elevação à categoria de Município provém do Dec-Lei nº 448, de 20 de dezembro de 1938.
Igreja: Em termos de apoio eclesial tem como precedente a Missão Jesuítica, subsidiária da Companhia de Jesus, sediada  em Aquiraz e desarticulada segundo a fúria pombalina de 1759.
     Com o advento da nova ordem, convertendo em Vigararia Geral  o passado missionário, coube ao padre Manuel de Macedo supervisionar e assistir eclesiasticamente o reduto, fato que tem registro em data de 20 de dezembro de 1761. Criou-se, então, a Freguesia e edificou-se nova capela, porém a conservar o padroado de Nossa Senhora da Conceição. Extinta segundo Lei nº 32, de 27 de agosto de 1836 e reconstituída a 3 de fevereiro de 1940, permanecendo mais de um século a custória eclesiástica da Paróquia do Aquiraz.

GEOGRAFIA
Área: 241km².                                                         

Área(% em relação ao Estado): 0,15.                 
Altitude: 73,9m.                                                     
Latitude:
4°10’.                                                 
Longitude: 38°28’.                                            
Mesorregião:
Metropolitana de Fortaleza.          
Microrregião: Pacajús.                                             
Limites: Norte – Horizonte; Sul – Chorozinho; Leste – Cascavel; Oeste – Guaiúba e Acarape.         
Distritos:
   Itaipaba, Pascoal.                                                   
Acidentes Geográficos:
Serrotes Salgado, dos Porcos e Pascoal, Rios- Pacoti e Choró; Riachos Arerê e do Lagamar, Açude Pacoti.                                       
Recursos Hídricos:
Pluviometria ( a média anual é de1.277mm).
Atrativos Naturais: Açude Ererê, Rio Ererê, Lagoas: Itaipaba, Cavalaria, Paulicéia e Pascoal.

EDUCAÇÃO
N° de Escolas:
                                                          
Rede Estadual 1° Grau-2                                                  
N° de Alunos Matriculados:                                     
Rede Estadual Pré-Escolar-168                                    
Rede Estadual 1° Grau-785                                    
Supletivo-328.

SAÚDE
O Governo Estadual tem no Município os seguintes Postos: Unidade Mista de Saúde de Pacajús, Centro de Saúde de Pacajus, Posto de Saúde Itaipaba. A Prefeitura Municipal Mantém: Posto de Saúde de Campestre, dos Liberados, de Cavalaria, de Paulicéia, Municipal, de Mangabeira, de e de Formosa. Há ainda uma Clínica Mantida pelos trabalhadores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Uma Clínica Mantida pela LBA- Associação Beneficente Luiza Lopes Gadelha.

ESTATÍSTICAS
População Censo de 1999: 39.974.

Densidade Demográfica(hab/km²): 136,11.      
Distância da Capital em Linha Reta: 46km.
Distância Por Rodovia: 48 km.                
Vias de Acesso à Capital: BR-116.                   
Emissoras de Rádio: Rádio Diário FM Ltda, Classe C, Potência de 0,3Kw, freqüência de 95,1Mhz, Rádio Guarani Ltda-OM, potência de 20,25Kw, 1.160 Khz.                      Abastecimento D’água: 1.836 ligações.
Energia Elétrica: N° de consumidores-7.155. Total consumo- 1.083.744.

PRODUÇÃO
Produção: Sua Economia baseia-se na produção de caju, cana-de-açúcar, mandioca, milho e feijão. Na pecuária: bovinos, suínos e aves. Em suas terras registram-se a ocorrência de Grafita, Diatomita, Lepidolita, Manganês, Piroluzita, o mais importante minério de manganês. Feldspato, utilizado na fabricação de Porcelana e cerâmica branca, e grandes jazidas de Berilo, utilizado na indústria de equipamentos espaciais nas usinas atômicas.

Indústria: Não temos dados.

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$ 935.577,03.                    

Renda Interna Municipal 1995:
R$ 27.300,00.           
Renda per Capita 1991: US$ 1.356

PREFEITURA

Endereço:
Rua: Ten. Joaquim N. Queiroz,138
CEP:
62.870-000
Fone:
(85) 348-0233
Fax:
(85) Não temos dados.
Eventos:
Festa do Município (23/maio), Festa do Caju (16/julho), Festa da Padroeira (08/dezembro), Festa do Trabalhador (01/maio), Festa da Independência (07/setembro).

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster