Home

Reriutaba
Posição no mapa



Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 11/11/1922.            

Instalação:
11/11/1922.                 
Toponímia:
Em alusão aos índios "Reriús" antigos habitantes da região.                     Variação Toponímica: Santa Cruz e Santa Cruz do Norte.                                Padroeira: Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.                                                     
Dia:
15/08.
História: Chamou-se inicialmente Santa Cruz e Santa Cruz do Norte. Suas origens remontam aos idos da pré-colonização, quando em seu território, incluindo serra e sertão, habitavam os Tapuias denominados Reriús, nação belicosa e a promover contra os Tremembés sangrentas guerras de extermínio. Coube, então, ao padre Ascenço Gago, quando nos primórdios do SéculoXVIII, e em contato com esses nativos, estabelecer a paz entre facções beligerantes.
     Em termos de colonização branca, tem-se como precedente     Francisco de Oliveira Vasconcelos, adquirente de uma Sesmaria constante de três léguas de terras  nas quais situou a fazenda Santa Cruz. Em época posterior essas terras foram divididas em três lotes, compreendendo, além do reduto principal, as fazendas Pelo Signal e Livre-nos-Deus (Açude do Mato).
     Sabe-se em outra versão histórica, que em data de 6 de dezembro de 1718, Domingos Ferreira Chaves obteve por Sesmaria o território onde posteriormente se formaria o reduto habitacional, antes ocupado por portugueses e pernambucanos, gerando-se desse conjunto de sesmeiros o que se denominaria de reduto urbano.
Evolução Política: A elevação do povoado à categoria de Vila provêm de Lei nº 2.056, de 11 de dezembro de 1922. Suprimida conforme Dec-Lei nº 193, de 20 de maio de 1931, e restaurada na forma do Dec-Lei nº 1.540, de 3 de maio de 1935. Sua elevação à categoria de Município decorre do Dec-Lei nº 448, de 20 de dezembro de 1938, mantendo o nome de Santa Cruz.
Igreja: As primeiras manifestações eclesiais têm como precedente a edificação da respectiva capela, contando como referencial de tempo o ano de 1906. Em segunda edificação tem-se no ano de 1914, a construção da Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que assumiria o trono na qualidade de padroeira do lugar. A instituição de sede paroquial, data de 23 de novembro de 1936, tendo como seu primeiro vigário o padre Francisco Olinto Leitão.

GEOGRAFIA
Área: 366km².                                                       

Área(% em relação ao Estado):
0,23.                    
Altitude:
155m.                                                   
Latitude: 4°10’.                                                  
Longitude:
40°25’.                                           
Mesorregião:
Noroeste cearense.                           
Microrregião:
Ipú.                                                     
Limites:
Norte – Pacujá e Cariré; Sul – Ipú e Pires Ferreira; Leste – Varjota; Oeste – Graça e Guaraciaba do Norte.                                                                       Distritos: Campo Lindo, Amanaiara.                        
Acidentes Geográficos:
Rio São José e da Farinha.
Recursos Hídricos: Pluviometria ( a média anual é de 1.012mm).

EDUCAÇÃO
N° de Escolas:
                                                         
Rede Estadual Pré-Escolar 1° e 2° Grau-2                   
Rede Municipal Pré-Escolar 1° e 2° Grau-3                        
N° de Alunos Matriculados:                                          
Rede Estadual Pré-Escolar-312                                     
Rede Estadual 1° Grau-1.231                                         
Rede Estadual 2° Grau-48                                           
Rede Municipal Pré-Escolar-135                                      
1° Grau-836                                                                     
2° Grau-251.

SAÚDE
Posto de Saúde de Amanaiara, e de Campo Limpo. Clínica Médica do Sindicato Rural de Reriutaba.

ESTATÍSTICAS
População Censo de 1999: 22.000.

Densidade Demográfica(hab/km²): 47,52.            
Distância da Capital em Linha Reta: 233km.
Distância Por Rodovia: 309km.               
Vias de Acesso à Capital:
CE-366, CE-163, BR-403, BR-222.                            
Abastecimento D’água: 1.124 ligações.

PRODUÇÃO
Produção:Produtos Agrícolas- algodão arbóreo e herbáceo, caju, milho, mandioca e feijão. Pecuária: bovinos, suínos e aves. Em suas terras registram-se a ocorrência de Ouro e Chumbo encontrados em galerias. 

Indústrias: 02.

RECURSOS
Renda Interna Municipal 1995: R$ 5.668,00.          

Renda per Capita 1991:
US$ 113.

PREFEITURA

Endereço:
Rua: Marechal D. da Fonseca,176
CEP:
62.260-000
Fone:
(88) 637-2069
Fax:
(88) 637-2058
Eventos:
Não temos dados.

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster