Home

Russas
Posição no mapa



Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 16/05/1799.

Instalação: 06/08/1801.                        
Toponímia: Quando era ainda um simples povoado, existiu na localidade um velho que possuía um vistoso lote de águas que se destacava dos demais pela sua cor, "Russa"(embranquecida) daí teria vindo esse topônimo.                                          Variação Toponímica: Santo Antônio do Ouvidor, São Bernardo do Governador e São Bernardo de Russas.                           
Padroeira:
Nossa Senhora do Rosário.        
Dia:
07/10.

Arquitetura Antiga: Altar Mor da Igreja-Matriz, Igreja de São Sebastião.
História: Suas origens remontam ao terceiro quartel da segunda metade do Século XVII, havendo como referência a chamada Guerra dos Bárbaros. Nesse turbulento final de século, em que a Capitania  do Ceará achava-se ameaçada pelas hordas nativas, instalou-se no reduto uma sede de guarnição, tendo como dispositivo de segurança a paliçada a que se denominou de Forte do Jaguaribe (1701).
     Em termos de colonização, tem-se como precedente gregário o assentamento de fazendas das quais constam como proprietários o médico pernambucano Luciano Cardoso da Veiga e os portugueses Francisco Ribeiro e Gaspar Rebouças de Malheiros, além de outros (1690). A partir de 1707, ano em que o Desembargador e Corregedor da Paraíba Cristóvão Soares Reimão (Tubarão) iniciou a demarcação de terras jurisdicionais da Capitania, o reduto começou a tomar feição comunitária, surgindo as primeiras casas residenciais. Nessa oportunidade, multiplicaram-se as doações de Sesmarias e vários investidores foram atraídos, dentre estes, Gregório Gracisman de Abreu, destacando-se pelo trabalho realizado em favor do povoamento do reduto.Evolução Política: A elevação do Arraial à categoria de Vila provêm de Ordem Régia de 15 de junho de 1801, com a denominação São Bernardo do Governador, tendo sido instalada a 6 de agosto do mesmo ano. Nessa relação toponímica, em que Bernardo Manuel de Vasconcelos era o Governador, existe qualquer coisa de pessoal, faltando apenas o Manuel e o Vasconcelos. Ainda a manter resíduos de individualidade, elevou-se a Vila à Categoria de Município com o nome de São Bernardo de Russas. Esse evento está inserido na Lei nº 900, de 9 de agosto de 1859, modificando a denominação para o nome atual.
Igreja: As primeiras manifestações eclesiais têm como precedente o projeto de construção da primitiva capela, obra cuja iniciativa provêm do Desembargador Cristóvão Soares Reimão, quando de suas tarefas redivisionárias da Capitania (1796). Nessa oportunidade e de modo coercitivo, determinou o Desembargador se criasse finta de dois bois, envolvendo duzentos currais, além do imposto de dez tostões, determinando, outrossim, a transferência de 30 índios do Presídio de Fortaleza e destinados à construção da respectiva obra. Além dos valores consignados nessa resolução, Soares Reimão, por ocasião da medição das terras de Gregório Gracisman de Abreu, rateou, em favor do patrimônio eclesiástico meia légua do respectivo conteúdo, destinando essa área à construção da Casa-Residência do vigário sobre quem recaísse a escolha de servir (16/11/1707).
     Inconformados com a resolução, protestaram os herdeiros de Gracisman, porém sem nenhum resultado satisfatório. Finalmente, Matias Ferreira da Costa, genro do extinto Gracisman, liberou por escritura pública, datada de 2 de setembro de 1745, as terras até então em objeto de litígio, destinando-as à Nossa Senhora do Rosário, padroeira do Município.
     A ereção dessa primitiva capela, tem como referência o ano de 1709, sob a denominação de Casa de Nossa Senhora. A Freguesia, tem como instrumento de apoio a Provisão, baixada pelo Bispo, D. Luiz de Miranda e datada de 11 de março de 1735, com a denominação de Freguesia da Vila de Russas.

GEOGRAFIA
Área: 1.614,2km².                                                         

Área(% em relação ao Estado):
1,02.
Altitude: 20,51m.                                                   
Latitude:
4°56’.                                                      
Longitude: 37°58’.                                           
Mesorregião:
Jaguaribe.                                           
Microrregião: Baixo Jaguaribe.                                   
Limites: Norte – Beberibe, Palhano e Jaguaruana; Sul – Limoeiro do Norte; Leste – Jaguaruana e Quixeré; Oeste – Morada Nova.                                                 Distritos: Bonhu, Flores, Lagoa Grande,Miguel Pereira,Peixe, São João de Deus.          Acidentes Geográficos: Rio Jaguaribe, Riacho Umburanas, Córrego da Bananeira. Açude Altamira, Santo Antônio e das Melâncias.                                          Recursos Hídricos: Pluviometria ( a média anual é de 829,8mm).
Atrativos Naturais: Rio Pedro Ribeiro, Rio da Ilhota, Balneário das Bombas.

EDUCAÇÃO
N° de Escolas:   
                                                         
Rede Estadual Pré-Escolar 1° e 2° Grau-11                        
N° de Alunos Matriculados:                                            
Rede Estadual Pré-Escolar-418                                     
Rede Estadual 1° Grau- 4.479                                     
Rede Estadual 2° Grau-892.

SAÚDE
A Fundação SESP mantém: Centro de Saúde de Russas, Posto de Saúde de Bomhu, de Flores, de São João de Deus. O INAMPS mantém o posto de Assistência Médica (Clínica). A Polícia Militar do Ceará mantém o Posto Médico Odontológico do IBMP (ambulatório). O IPEC mantém sua Agência Regional. O Governo Estadual tem no Município os Postos: Diretoria Regional de Saúde, Carteira de Saúde de Russas. A Prefeitura Municipal mantém: Posto de Saúde Pedras, de Flores, de São Pedro, de Capim Grosso, de Carpina, de Feixe, de Boqueirão do Cesário, de Lagoa Grande, Centro Comunitário Margarida Leandro, de Russas de Bento Ferreira, de Melancias, de Lagoinha e de Jardim São José. Há ainda o ambulatório mantido pelos servidores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

ESTATÍSTICAS
População Censo de 1999: 55.967.

Densidade Demográfica(hab/km²): 31,05.            
Distância da Capital em Linha Reta: 144km.                                               
Distância Por Rodovia:
163km.                 
Vias de Acesso à Capital: BR-116.                           
Emissora de Rádio: Rádio Progresso de Russas Ltda-OM, potência de 1/0,25Kw e freqüência de 1.140Khz.                       
Energia Elétrica:
N° de consumidores-11.536. Total consumo- 2.126.860.

PRODUÇÃO
Produção: Sua economia baseia-se na cultura de banana, algodão, mandioca, milho e feijão. Na pecuária: bovinos, suínos e aves. Em suas terras registram-se a ocorrência de Berilo, Mica, Ambligonita, Espodumênio, Petalita, Felspato, Biotita, Piruluzita e Moscovita.                                        

Indústrias: 88

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$ 951.453,14.           

Renda Interna Municipal 1995:
R$ 24.526,00.              
Renda Per Capita 1991:
US$ 660.

PREFEITURA

Endereço:
Av: Dom Lino,831
CEP:
62.900-000
Fone:
(88) 411-0121
Fax:
(88) 411-0411
Eventos:
Dia do Município, Festa da Padroeira, Festa do Radialista, Micareta.

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster