Home

Solonópoles
Posição no mapa



Participe!
Se você detectou alguma informação incorreta e possui mais informações atualizadas sobre esta cidade, envie-nos e nós publicamos.
    Clique aqui para enviar

 



HISTÓRICO

Data da Criação: 22/10/1870.             

Instalação:
22/10/1870.                       
Toponímia: É uma homenagem a Solon Pinheiro que alí nasceu.                           Variação Toponímica: Cachoeira. Desmembrado de Jaguaribe.                    
Padroeiro:
Bom Jesus Aparecido.               
Dia: 01/01.

História: Chamou-se primitivamente Cachoeira e Riacho do Sangue sucessivamente. Suas origens datam do Século XVIII, quando foram distribuídas as primeiras Sesmarias. Figuram no rol dos pioneiros Manuel Pinheiro do Lago, cognominado o Abraão do  Jaguaribe, considerando-se a proliferação de caráter familiar.
Evolução Política: A elevação do povoado à categoria de Vila provêm da Lei nº 518, de 1º de agosto de 1850, vindo a sofrer as seguintes alterações: a) – suprimida conforme Lei nº 1.121, de 8 de novembro de 1864; b) – restaurada na forma da Lei nº 337, de 22 de outubro de 1870; c) – suprimida conforme Decreto nº 20, de 20 de abril de 1892; d) – restaurada consoante Lei nº 67,de 9 de agosto de 1893; e) – suprimida na forma do conforme Dec-Lei nº 1.540, de 3 de maio de 1935.
     Sua elevação à categoria de Município, ocorreu segundo Dec-Lei nº 448, de 20 de dezembro de 1938.
Igreja: As primeiras manifestações eclesiais têm como precedente o lendário crucifixo e sua substituição por um cruzeiro de madeira, marco indicativo do local. Em data posterior e historicamente não referenciada, Simeão Correia Lima Pinheiro, cunhado do Abraão Jaguaribano, doou parte de suas terras, localizadas no sítio Cachoeira, no sentido de formar o patrimônio da respectiva capela, iniciando-se logo as obras de construção. O Padroeiro e ainda sob o efeito remissivo, constou como sendo o Senhor Bom Jesus Aparecido. A Igreja-Matriz, resultante da primitiva capela, teve as suas obras iniciadas em 1813 e concluídas em 1821.
     A Freguesia, desmembrada da Paróquia do Riacho do Sangue tem como precedente a Lei nº 1.093, de 19 de dezembro de 1863 e instituída canonicamente a 24 de novembro do ano seguinte. Consta como seu primeiro vigário o padre Pedro Pinheiro Landim, empossado a 8 de dezembro do mesmo ano.

GEOGRAFIA
Área: 1.354km².                                                          

Área(% em relação ao Estado): 1,04.                 
Altitude:
155m.                                                   
Latitude: 5°44’.                                               
Longitude:
39°00’.                                             
Mesorregião: Sertões.                                     
Microrregião:
Sertão de Senador Pompeu.                    
Limites: Norte – Quixeramobim; Sul – Acopiara e Quixelô; Leste – Jaguaretama e Jaguaribe; Oeste – Milhâ e Piquet Carneiro.                                                        Distritos:São José de Solonópoles, Cangati, Pasta, Pref. Suelly Pinheiro,  Assunção.     Acidentes Geográficos: Riacho do Sangue, da Porca Magra, do Tigre, dos Porcos, do Pontal, das Cabras, da Volta, e das Pedras. Açude: Japão e Suassurana.
Recursos Hídricos: Pluviometria ( a média anual é de 678mm).

EDUCAÇÃO
N° de Escolas:  
                                                          
Rede Estadual Pré-Escolar 1° Grau-7                            
Rede Municipal Pré-Escolar 1° Grau-1                             
N° de Alunos Matriculados:                                         
Rede Estadual Pré-Escolar-181                                       
Rede Estadual 1° Grau-1.126                                        
Rede Municipal Pré-Escolar-169                                       
1° Grau-1.037.

SAÚDE
O Governo estadual tem no município os seguintes postos: C.S. Dr. Francisco Ozana Campos Monteiro, Posto de Saúde São José, de Cangati, de Betânia, de Uruá, de São Sebastião, de Barreto, de Benevolência, de Assunção Nova, de Novo Encanto, de Bom Jardim, de Bom Jesus e de Coaçu. A Prefeitura Municipal mantém: Posto de Saúde de Bouqueirão, do Baixio, de Olinda, de Bento, de Cachoeirinha, e de Maratoá. Há também uma Clínica mantida pelos servidores do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e o ambulatório mantido pelo Sindicato Rural de Solonópoles

ESTATÍSTICAS
População Censo de 1999: 16.150.

Densidade Demográfica(hab/km²): 11,04.          
Distância da Capital em Linha Reta: 224km.                                                   Distância Por Rodovia: 276km.
Vias de Acesso à Capital: CE-371, CE-138, BR-116.
Emissoras de Rádio: Rádio Difusora de Solonópoles Ltda-OM, potência de 0,25Kw, frequência de 1.520Khz.                      
Energia Elétrica:
N° de consumidores-2.374. Total consumo-229.209.

PRODUÇÃO
Produção: Sua economia baseia-se na cultura de algodão arbóreo e herbáceo, arroz, milho e feijão. Na Pecuária: bovinos, suínos e aves. Registrou-se em suas terras a ocorrência de Ambligonita, fonte de obtenção do Sílio, Berilo, Lepidolita, Feldspato, Vermiculita, Turmalina e Topázio.                                          

Indústrias: 07

RECURSOS
Repasse do ICMS em 1995: R$ 304.410,16.               

Renda Interna Municipal 1995: R$ 147.49,00.
Renda Per Capita 1991: US$ 99.

PREFEITURA

Endereço:
Rua: Silvino Barreiro,s/n
CEP:
63.620-000
Fone:
(88) 723-1200
Fax:
(88) 723-1229
Eventos:
Não temos dados.

www.ceara.com.br
©2003 - Todos os direitos reservados.
Contatos com Webmaster